Cidade

Compras para todos gostos e todos os bolsos

feirinha-benedito-calixto

Muitos dos turistas que vem à cidade de São Paulo a consideram o paraíso das compras. Isso acontece porque, segundo pesquisas do anuário São Paulo Outlook-2013, a capital comporta mais de 240 mil lojas que misturam de tudo um pouco.

Só aqui é possível encontrar ruas especializadas em roupas, ferramentas, instrumentos musicais, utensílios de casa, aparelhos eletrônicos ente tantos outros que vão dos mais luxuosos aos mais populares. É realmente impossível passar pela cidade e não sair com pelo  menos uma bela sacola de compras.  

Shopping Cidade Jardim
Shopping Cidade Jardim

Já os paulistanos são suspeitos pois também adoram fazer compras, tanto é que dizem que praia de paulista é shopping. Para se ter ideia, a capital reúne mais de 50 shoppings que estão distribuídos por todas as regiões e dos estilos mais diversificados que vão de shoppings populares como Interlagos e Santana com uma variedade enorme de lojas e serviços até os shoppings chamados de conceito como JK Iguatemi e Cidade Jardim que abrigam lojas internacionais e de renome como Burberry, Chanel, Gucci entre outras. Para matar sua curiosidade o shopping considerado maior da cidade é o Aricanduva, localizado na zona leste, que conta com cerca de 580 lojas, Um verdadeiro mar de lojas.

Rua 25 de março
Rua 25 de março

Mas não só de shopping vive a cidade. São Paulo abriga a famosa Rua 25 de março, super popular entre todos ela é considerada o maior conglomerado comercial a céu aberto da América Latina, com mais de três mil lojas. Lá você encontra lingeries, relógios, roupas, óculos da última moda, bolsas, bijuterias, perfumes, coisas para casa, é uma infinidade de produtos, e se você me disser que foi até lá e não comprou nada, nos duvidaríamos.

Loja Melissa - Rua Oscar Freire
Loja Melissa – Rua Oscar Freire

Em contra partida a Rua Oscar Freire é considerada a 8° rua mais chique do mundo e é realmente um dos endereços mais charmoso da cidade. A rua e seus arredores contam com uma decoração exclusiva, calçadas largas, bancos e parklets espalhados por toda sua extensão. São cerca de 900 metros e mais de 200 lojas exclusivas e de grifes nacionais e importadas com marcas como Armani, Tommy Hilfiger, Mont Blanc e grifes brasileiras como Iódice. Havaianas e Melissa instalaram suas lojas conceito por lá também.

Mas se você quiser só passear por lá, pode ir também. Vale a pena tomar um café, um sorvete ou mesmo um docinho pelas redondezas e apreciar o clima agradável e tranquilo. Até parece coisa de outro mundo.

Galeria Ouro Fino
Galeria Ouro Fino

Para os mais descolados existe um ponto de compra bem famoso que é a Rua Augusta. Nela é possível encontrar lojinhas descoladas de discos e roupas e a Galeria Ouro Fino referência em moda, vale o passeio até mesmo pela curiosidade.

Além dele temos também a famosa Galeria do Rock, no centro da cidade, que como o nome já diz é um espaço que abriga várias lojas especializadas em todos os segmentos do rock and roll, desde o punk até o emo core. Só lá você encontra produtos descolados e camisetas de bandas além de várias peças e apetrechos que não tem em outro lugar no Brasil.

Galeria do Rock
Galeria do Rock

Outro ponto alternativo são as feirinhas que ocorrem nos bairros da Vila Madalena, Pinheiros, Paulista e Centro que já são  referências por aqui. A feira de antiguidade da Praça Benedito Calixto é frequentada por um público diverso, inclusive artistas e designers. Possui cerca de 300 vendedores que comercializam artigos de decoração e antiguidades.

No vão Livre do Masp acontece uma feira antiga aos domingos. Ela ocorre há mais de 25 anos e recebe uma média de 5 mil visitantes por dia. Ali perto, o Shopping Center 3, tem uma feirinha que se chama “Como Asssim?” que também acontece aos domingos. São cerca de 250 expositores com produtos artesanais que vão desde roupas, bijus, arte, decoração e artesanato espalhados pelos corredores do shopping.

Feirinha hippie da República
Feirinha hippie da República

A Feirinha da República é outra dica bem bacana. Dedicada a arte e artesanato no estilo “hippie”, ela acontece aos domingos. Seu inicio se deu como uma pequena feira de selos que se popularizou e hoje você tem o privilegio de conversar como os próprios artistas e produtores e os preços são bem acessíveis, aproveite. É um ganho em dobro.

Entrada do bairro do Bom Retiro
Entrada do bairro do Bom Retiro

E para aqueles que gostam de pechincha não podemos esquecer da região central onde ficam os bairros do Brás e Bom Retiro, especializadas em roupas, bolsas, lingeries, muitas marcas famosas que comercializam em shoppings produzem e vendem suas coleções lá, basta procurar  que você tem a oportunidade de achar preços e artigos de qualidade e da moda bem em conta.

Com todas essas dicas não tem como resistir, né? Aproveite as férias e explore a cidade.

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *